assistencia card comercial departamento especialista insta retire user atendimento cart contato email face left rigth busca cliente corporativo enviar in mercado twitter computadores componentes seguranaa network automacao impressora suprimentos armazenamento energia telefonia audio video mouse cabo suporte acessorios ferramentas gamer baixo close seta juros boleto shopping-listß personalizado home
14/03/2019

AMD lança oficialmente sua nova placa de vídeo Radeon RX 590

A AMD fez o anúncio oficial de sua nova placa de vídeo, a Radeon RX 590. Muitos rumores apontavam para esta data, já que as empresas parceiras já vinham lançando suas versões customizadas.

A AMD apresenta a RX 590 como uma placa de arquitetura avançada, mais precisamente a Polaris 30, e que tem a pretensão de se tornar a melhor opção em custo e desempenho para quem busca jogar os títulos mais populares com qualidade máxima, em Full HD e taxa de quadros acima dos 60 FPS.

Como características e vantagens em se adquirir uma Radeon RX 590, a AMD a apresenta trazendo uma sobrevida à arquitetura Polaris, criada sob a litografia de 12 nm e incluindo os núcleos gráficos GCN de 4ª geração.

A placa carrega tecnologias recentes para fornecer uma experiência otimizada em APIs de baixo nível como o DirectX 12 e o Vulkan, oferecendo o melhor desempenho para o games mais populares (AAA games) na resolução 1920 x 1080, com qualidade máxima e 60 FPS (ou acima), e a partir de 100 FPS em alguns dos jogos eSports mais conhecidos.

Através da atualização dos drivers, a AMD se compromete em fornecer otimizações de performance de longa vida para os jogos. Com o Radeon ReLive é possível gravar, fazer streaming e compartilhar suas partidas e conquistas nos games, além de monitorar a performance do sistema, entre outras funções.

Existem mais de 500 modelos de monitores que suportam a tecnologia AMD FreeSync no mercado. O FreeSync sincroniza a taxa de atualização do monitor à taxa de frames dos jogos, proporcionando fluidez superior do que a tecnologia padrão. O FreeSync 2 HDR oferece até 2 vezes mais brilho e volume de cor, comparado ao sRGB.

A RX 590 está preparada para garantir belas imagens e imersão fantástica em jogos de realidade virtual. A tecnologia AMD LiquiVR facilita a compatibilidade com dispositivos novos e antigos.

Desempenho e comparações com a RX 580 e GTX 1060 6GB

Se formos comparar a RX 590 com a RX 580, vamos perceber que elas possuem características bem semelhantes, com a 590 tendo um clock mais elevado. No entanto, esse aumento na frequência faz o TDP subir de 185 W para 225 W, o que, a princípio, não justifica muito ter saído dos 14 nm para os 12 nm. Na questão da performance, a RX 590 se mostra um pouco superior.

Quando comparada à GTX 1060 6GB, a diferença de performance é ainda mais evidente, entretanto o consumo cresce numa proporção ainda maior.

Se não houver uma diferença de preço convidativa, não vai valer a pena deixar de investir numa RX 580 para adquirir uma RX 590. Ela se torna uma boa opção para quem vai comprar uma placa nova, ou está saindo da NVIDIA, e está interessado nos três jogos que a acompanham, o que vai fazer o valor total ter um belo desconto. O fato do FreeSync ser mais acessível e da placa já oferecer tecnologia HDR também ajudam.

Veja abaixo (clique na imagem para abrir uma versão maior em nova janela) os benchmarks de alguns jogos utilizando-se modelos customizados dessas três placas:

Especificações da Radeon RX 590

  • Clock base / Clock turbo: 1469 MHz / 1545 MHz;
  • Unidades computacionais: 36;
  • Processadores de fluxo: 2304;
  • Unidades de textura: 144;
  • ROPs: 32;
  • Memória de vídeo: 8 GB GDDR5;
  • Interface de memória: 256 bits;
  • Largura de banda da memória: 256 GB/s;
  • Processo de fabricação: 12 nm FinFET;
  • Conexões: 3 DisplayPort 1.4, 1 HDMI 2.0b;
  • TDP: 225 W;
  • Fonte recomendada: 550 W.

Preço e disponibilidade

Em vários países a disponibilidade da Radeon RX 590 é imediata. Inclusive, as empresas parceiras já anunciaram algumas versões personalizadas. O preço sugerido pela AMD é de USD 279.

A Radeon RX 590 deve encerrar a arquitetura Polaris de GPUs AMD e, apesar de ser a primeira placa de vídeo da empresa a ser feita sob o processo de fabricação de 12 nanômetros, já desejamos que seja a última. Este ano já foram anunciados os primeiros chips Vega de 7 nm para o mercado corporativo. O que esperamos é que as próximas placas para jogos também sejam fabricadas sob a mesma litografia e tragam os mesmos avanços.